2007-11-19

 

Os mitos dos outros

Estava agora a ler aos meus filhos o Atlas Disney que comprei em Portugal. Muito interessante comparar-se o que este Atlas escreve sobre a América do Sul com o que (não) diz da América do Norte. Na página sobre a América do Sul política:

"Os primeiros conquistadores da América do Sul chegaram no século XVI. Apropriaram-se das terras dos nativos, mudaram os seus custumes e provocaram a morte a muita gente."


Naturalmente, nas páginas sobre a América do Norte não se encontra nada sobre conquistadores ou colonizadores. Engraçado, vivo há quatro anos num estado chamado Indiana, e ainda não vi um único índio (ou em politicamente-correcto, Americano-Nativo). No Novo México, onde vivi 7 anos, havia muitos, mas em reservas. Interessante que os estados onde existem mais nativos são os que estiveram em poder de Espanha ou do México durante mais tempo...

É difícil perceber como a mitologia Disney explicaria que enquanto na América do Sul vários líderes políticos actuais são de ascêndencia nativa, na América do Norte isso nunca é visto. Tudo bem que cada país invente os mitos que precise---todos o fazem. Mas o mais estranho é que em Portugal e Espanha, a terra dos tais conquistadores, se traduzam e se vendam estes contos de fadas Disney sem crítica. Nós próprios aceitamos estas ficções, estes mitos dos outros. Isso é que é triste.



Comments:
The reason is that our "progre" thinking(sic) intellectuals really believe it to be true. And that somehow we deserve a punishment for destroying the paradise that were societies like those of Mayas or Incas. They seem to forget that the descendant of the conquerors are not in the Iberian peninsula but running those countries right now.
 
It's that noble savage thing; progres love it!
 

Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?