2016-07-20

 

Passeio Marítimo de Oeiras e Bicicletas

Exmºs Srs e Srªs da Câmara Municipal de Oeiras,

Compreendo que este assunto já foi muito falado e há razões de ambos os lados, mas quero juntar a minha voz e argumentos àqueles que gostariam de ver uma ciclovia partilhada no Passeio marítimo de Oeiras entre a Marina e Caxias. É difícil entender a posição da CMO em que se argumenta que não há espaço para oferecer uma ciclovia delimitada e partilhada no passeio. Em Lisboa existem vários locais igualmente muito utilizados por caminhantes e de dimensões semelhantes em que são oferecidas ciclovias delimitadas e partilhadas. Por exemplo, a ciclovia que vai de Belém ao Cais-do-Sodré passa por locais de muito turismo (Belém!) e com segmentos tão ou mais estreitos que a parte mais estreita do passeio marítimo (perto do Cais do Sodré, por exemplo, perto da estação fluvial). Outro exemplo são as novas ciclovias no Parque da Nações na zona dos vulcões de água. Em ambos estes locais, com a sinalização apropriada, está demonstrado que é bem possível partilhar o espaço entre caminhantes e ciclistas: quando o espaço permite, existe uma faixa pintada e reservada para ciclistas, quando o espaço não permite a faixa é partilhada com sinalização óbvia para ciclistas que devem dar prioridade a caminhantes. Isto também funciona perfeitamente bem noutras cidades (Amsterdão, sendo a óbvia comparação com as suas ruas estreitas e hábito de bicicletas).

A proibição atual de bicicletas durante a maior parte do dia no passeio marítimo de Oeiras demonstra uma total falta de confiança da CMO nos seus habitantes. Ora, se os Lisboetas (e outros) conseguem partilhar locais semelhantes sem problemas, porque não os Oeirenses? Além desta falta de confiança, a CMO está, de facto, a colocar os ciclistas em grande perigo porque a alternativa nesta zona é a Estrada Marginal, em que ciclistas têm que partilhar a estrada com a condução louca que passa por esta via. Tenho dois filhos adolescentes e tenho muito receio que eles utilizem essa via para ciclismo---como qualquer pai suponho que sente conhecendo essa estrada. No mínimo, se querem manter o passeio marítimo só para caminhantes, deveriam alterar a Estrada Marginal para ter uma ciclovia bem marcada na estrada---por ventura dedicando a calçada de um dos lados para isso. O que estão a fazer neste momento é simplesmente tornar a locomoção por bicicleta muito difícil e perigosa no concelho de Oeiras---algo muito desatualizado neste século XXI.

Labels: , ,


Comments:

Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?