2017-03-13

 

Turquia dá lições de cidadania a Portugal

Escrevi aqui recentemente sobre como o sistema unanime de opinião nacional não repara no quanto exclui os Portugueses fora da "metrópole" (essencialmente Lisboa, mas aqui mais como Portugal continental). Foi assim igualmente com a colonização como com a descolonização de África, mas é também muito assim com todos os emigrantes Portugueses. Esta confusão recente entre a Turquia e a Holanda e Alemanha lembrou-me que até a Turquia considera os seus emigrantes como cidadãos com os mesmos direitos que os residentes (pretendendo fazer campanha eleitoral nos seus países de acolhimento). Aqui em Portugal, mais de 40 anos após o 25 de Abril, o direito de voto dos emigrantes continua uma fantochada teórica: "um direito sem direitos". A elite portuguesa, com os seus tiques imperialistas, mas inconsciente dos mesmos, acha que a nossa democracia ao designar certos cidadãos como secundários continua ainda assim exemplar, quando nunca o foi---nem na descolonização sem referendo, nem na perpetuação da situação de exclusão de um enorme numero de Portugueses como cidadãos de segunda.

"Com a voz que me resta eu não vou poder cantar
Às coisas do mundo, não sei descrever, estou longe 
São portas fechadas, segredos por revelar 
São coisas do mundo, só se podem ver ao longe"

 
Heróis do Mar - Fado por phewcheetah

Comments:
Turquia lá dá lições de o que quer que seja a alguém, não é aceitável os políticos turcos virem fazer campanha politica dentro da UE .....
 

Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?