2015-10-12

 

Union of European States for Expansionary Austerity

Não deixa de ser interessante a negociação de um governo compromisso feito de componentes muito diversos. É muito comum noutros países europeus...O grande problema é que dentro da zona Euro os governos nacionais não podem ter grande desvio padrão ideológico... Aí estará a parede com que o PS se vai esbarrar muito em breve. As pessoas vão talvez se aperceber em breve que já não há bem democracia nacional, no sentido de haver um leque de alternativas ideológicas possíveis. Eu diria mesmo que estar dentro do Euro é um pouco como estar num regime de partido único tipo a velha USSR: só existe uma alternativa de política económica e financeira, com uma variação mínima aceitável. Estamos na União dos Estados Europeus da Austeridade Expansionária (UESEA*, em Inglês, Union of European States for Expansionary Austerity). Isto é, mesmo as teorias económicas mais baseadas na evidência empírica estão de fora. Keynes not allowed to run for government in the UESEA; taboo, he might as well be Trotsky. Krugman might say, welcome to confidence fairy land. UESEA has always been at war with UESSD....



*Uma versão anterior do post usou um acrónimo mais correcto, mas mais complicado: UESEFC, for Union of European States for Expansionary Fiscal Austerity.

Labels: , , , ,


Comments:

Post a Comment



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?